Buscar

ANSIEDADE


Photo pixabay

Se você sofre de ansiedade, sabe como é difícil encarar determinadas situações do dia a dia. Alguns cães também sofrem de ansiedade e para eles também não é nada fácil.


A ansiedade em cães, quando não tratada, pode levar a sérios problemas de comportamento.

Felizmente, há tratamentos aplicados por especialistas em comportamento que podem ajudar os cães e seus tutores a lidarem com esse problema.


1 - Descubra o tipo de ansiedade


Os tipos mais comuns são:


Ansiedade por medo – pode ser causada por pessoas, animais, algum estímulo visual, barulhos altos, ambientes novos, situações específicas como o consultório do veterinário ou passeios em veículos.


Ansiedade de separação – atualmente, este tipo de ansiedade é o tipo que mais atinge cães domesticados. Muitos cães não conseguem lidar com a separação de outros membros da família. A ansiedade de separação pode se manifestar acompanhada de reações como: xixi e cocô pela casa, destruição de objetos e paredes, latidos excessivos.


2 – Alguns sintomas


Seu cachorro pode apresentar alguns dos sintomas abaixo:


- Latidos excessivos

- Comportamento destrutivo

- Eliminação inadequada

- Agressividade

- Respiração ofegante

- Salivação excessiva

- Inquietude

- Comportamento compulsivo


Todos os sintomas causam desconforto ao cachorro bem como aos seus tutores. No entanto, o mais perigoso dos sintomas é a agressividade que pode levar o seu cão, humanos e outros animais a situações perigosas.


Xixi e cocô também é um sintoma desagradável devido a questões higiênicas e olfativas. A eliminação inadequada causa aborrecimento aos tutores e também pode causar danos ao imóvel e objetos. A destruição causa prejuízos.


A ingestão de objetos não comestíveis pode causar danos à saúde física do seu animal de estimação. Acrescentando um montante de gastos com o veterinário no seu orçamento que poderiam ser evitados.


Tratamento


O melhor tratamento para a ansiedade é consultar um adestrador comportamentalista, que irá identificar o tipo de ansiedade e verificará as possíveis causas da ansiedade.


Após a análise ele traçará o melhor tratamento que será específico para o seu cão, visto que cada cão é um ser individual e deve ser analisado e tratado individualmente, pois os fatores que causam a ansiedade podem ser variados.


Descubra como prevenir


É difícil prever se um cão desenvolverá algum tipo de ansiedade, e há maneiras de evitar que um filhote desenvolva problemas relacionados à ansiedade educando o seu cão desde filhote.


Linguagem canina


Fazer a leitura correta da linguagem do cachorro é importante para que você possa saber quando ele está desconfortável ou com medo e evitar experiências negativas.


Socialização adequada


A socialização quando corretamente feita pode impedir o desenvolvimento da ansiedade.


Adestramento em obediência


O adestramento em obediência feito desde filhote é ferramenta essencial para prevenir e controlar a ansiedade. O adestramento estabelece a base do relacionamento saudável e gera autoconfiança. Um cão educado é mais fácil de socializar do que um cão que não foi educado.


Exercícios físicos e Alimentação


O exercício regular e a estimulação mental são cruciais para o desenvolvimento saudável do cão.


Um cão que faz exercícios é menos propenso a desenvolver comportamentos destrutivos, e uma boa alimentação é igualmente importante para a saúde do seu cão.


Certificar-se de que você cuida das necessidades físicas e mentais do seu cão pode ajudá-lo a evitar problemas de comportamento, e permite que você conheça as áreas onde seu cão precisa de ajuda.


Agora, se o seu cão foi diagnosticado com algum tipo de ansiedade, não permita que a ansiedade do seu cão controle a sua vida.


Com o tratamento correto, você pode ajudar seu cão a superar a ansiedade e impedir que situações perigosas e destrutivas aconteçam.


#adestradorjoeabiko #especialista #comportamento #canino #joeabiko #cãoa #adestrador #maringá #maringa #cães #cão #cachorro #educador #psicologia #canina #adestradormaringa #adestradormaringá #petfriendly

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo