Buscar

Passaporte para Cães e Gatos


Do que você mais sente falta quando viaja? Da sua cama? Da sua família?

Do seu animal de estimação?


Quem já foi viajar e deixou o bichinho para trás sabe como é. Ouvindo relatos de amigos e clientes, concluí que a maioria de nós sentimos mais falta dos nossos animais de estimação do que dos nossos familiares quando estamos de férias.


E desde quando isso começou a acontecer?


Remotamente falando, cães e gatos serviam apenas para fins funcionais em casa. Atualmente, o número de animais de estimação no Brasil cresceu de forma impressionante. Segundo dados do IBGE, em 2015 eles já ultrapassavam o número de crianças nos domicílios brasileiros.


Nos tornamos obcecados por animais, por quê?


Há uma série de explicações sobre o porquê desse crescimento. Os animais de estimação nos fazem sentir instintivamente protegidos, oferecem apoio, companheirismo e até empatia. Eles nos acalmam, nos fazem sentir mais confiantes e são uma ponte de interação com outros humanos.


Existem também estudos afirmando que pacientes que sofrem de uma variedade de doenças mentais e distúrbios neurológicos obtiveram melhorias com o aumento do contato com animais. Há cães-guias para cegos, animais de apoio emocional e até mesmo salva-vidas. Eles são parte integrante da vida para alguns, não é de admirar que não possamos nos separar deles.


Quando saímos de férias, a maioria das pessoas passam as férias preocupadas com os animais de estimação que ficaram para trás. Então, por que não levá-los com você? Viajar com animais de estimação não precisa ser estressante.


Este artigo é sobre o Passaporte brasileiro para Trânsito de Cães e Gatos


O Passaporte para Trânsito de Cães e gatos é um documento oficial, emitido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Ele pode ser obtido nas Unidades do Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro), da Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA), localizada em portos, aeroportos, postos de fronteiras e aduanas especiais ou nas Superintendências Federais da Agricultura dos Estados.


O passaporte não é obrigatório para viagens internacionais, mas poderá ser utilizado para os países que o aceitem, em substituição ao CVI (Certificado Veterinário Internacional), que é obrigatório para o trânsito internacional de cães e gatos.


No Brasil, o passaporte para Trânsito de Cães e Gatos poderá ser utilizado em substituição ao atestado de saúde, que é obrigatório para o trânsito nacional de cães e gatos.


O seu custo é gratuito, e é fornecido pelo Mapa em 30 dias úteis, a partir da data de recebimento da documentação exigida. A validade do passaporte é para toda a vida do animal. Para a concessão do mesmo será necessária a chipagem do animal, o microchip será lido para que o passaporte seja emitido; antes das viagens internacionais, e no desembarque dos animais no Brasil.


Antes de embarcar, no prazo máximo de 10 dias, o proprietário deverá solicitar ao médico veterinário responsável pelo animal, que registre as informações sanitárias no passaporte. Depois, deverá procurar a Unidade do Vigiagro para a legalização.


Boa Viagem!


Fonte:

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa)


#adestrador #joe #abiko #cãoa #educa #passaporte #cães #gatos #vacinação #férias #viagens #pet #aeroporto #portos #brasil #microchip #caixa #transporte #veterinário #maringá


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo