Buscar

ALHOS E CÃES


é seguro alimentar o seu cão com alho?
Alhos e Cães

Há muita controvérsia envolvendo alhos e cães. Algumas fontes afirmam que o alho é extremamente tóxico para os cães e jamais deve fazer parte da dieta dos caninos. No entanto, pesquisas recentes confirmam os benefícios do alho para a saúde dos cães.

O segredo está em alimentar o seu cão com a dosagem correta!

ALGUNS BENEFÍCIOS DO ALHO

1) Repelente contra carrapatos e pulgas

Levará algumas semanas para que o óleo do alho forme uma cobertura repelente pelo corpo do animal; o ideal é começar a alimentá-lo com alho antes que a temporada (verão) dos carrapatos e pulgas comece.

2) Reforço do sistema imunológico

O alho fortalece o sistema imunológico.

3) Câncer

Embora existam poucos ensaios clínicos que estudam os efeitos anticâncer do alho, o NCI (National Cancer Institute) relata que vários estudos populacionais mostram uma associação entre o aumento da ingestão de alho e a redução do risco de vários tipos de câncer. Verifiquem o livro The Natural Vet's Guide to Preventing and Treating Cancer in Dogs do Dr. Shawn Messonnier, que fala sobre os benefícios do alho para combater o câncer em cães.

3) Benefícios para o fígado

O alho é conhecido por seus efeitos desintoxicantes, e ajuda o fígado a se livrar das toxinas do corpo.

4) Combate infecções bacterianas, virais e fúngicas

Com suas potentes propriedades antimicrobianas e antibióticas, também combate parasitas e protozoários.

5) Reduz o colesterol e o triglicerídeo

Com a dose adequada de alho cru na comida do seu cão é possível diminuir os níveis de colesterol e triglicérides no sangue.

6) Aumento cardiovascular

Para cães mais velhos e com excesso de peso, o alho pode prevenir coágulos sanguíneos e a acumulação de gordura nas artérias.

O ALHO DEVE SER FRESCO, CRU E ORGÂNICO

Um dos componentes do alho é a alicina. Ao cortar ou picar o alho é necessário deixar descansar por 10 minutos para que a alicina se forme. Durante este tempo , a enzima alliinase combina-se com um composto chamado alliina produzindo então a alicina, que é um produto volátil e que se dissipa rapidamente.

NEM TODOS OS CÃES PODEM COMER ALHO

Cachorra grávida

O alho altera o sabor do leite materno, por isso evite alimentar cachorras durante o período de amamentação.

Filhotes

Não dê alho a filhotes com menos de seis meses (filhotes de oito semanas ou menos não produzem novos glóbulos vermelhos, portanto, o alho deve ser evitado).

Filhotes com idade entre sete meses e um ano, alimentar apenas com a metade da dose indicada.

Problemas específicos da raça

A veterinária herbalista veterinária Susan Wynn adverte alimentar cães das raças Akita e Shiba com alho. Ela afirma que essas raças são mais sensíveis aos efeitos hemolíticos dos oxidantes, como o dissulfeto de N-propila presente no alho.

Interações com medicamentos

O alho pode interagir com vários tipos de medicamentos. Não utilize o alho se o seu cão estiver usando algum tipo de medicamento.

Cirurgia

O alho afeta a coagulação do sangue, portanto não alimente o seu cão com alho duas semanas antes cirurgias.

QUANTIDADE

Dosagem diária (aproximada) de acordo com o Dr. Pitcairn autor do livro The Complete Guide to Natural Health for Dogs and Cats

De 4kg até 8kg : ½ dente de alho De 9kg até 18kg: 1 dente de alho De 19kg até 32kg: 2 dentes de alho De 33kg até 41kg: 2 ½ de dente de alho Acima de 42kg: 3 dentes de alho

Consulte sempre o nutricionista e o veterinário antes de alimentar o seu cão com alho.

Caso você não saiba a dose correta, não tenha tempo para picar o alho e deixá-lo descansar por 10 minutos antes de usá-lo, e se tem dúvidas, não alimente o seu cão com alho.


#alho #cães #adestradorjoeabiko #cãoa #adestrador #joeabiko #maringá #educação #canina #saúde #desintoxicante #anti #carrapatos #pulgas #alicina

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo