Buscar

ANSIEDADE DE SEPARAÇÃO e o exercício para ser praticado todos os dias


Ansiedade de separação em cães


Conversando com uma amiga que está trabalhando em home office, ela me disse que está muito preocupada com os seus cães, eles começaram a apresentar alguns sintomas de ansiedade de separação.


Por mais que o distanciamento social seja necessário durante a pandemia, em algum momento, mesmo as pessoas que estão trabalhando em casa têm que sair para ir ao supermercado, ir até o local de trabalho e o cachorro tem que ficar sozinho.


Há cães que não apresentavam nenhum sintoma antes da pandemia, mas depois que ela começou, muitos tutores passaram a ficar mais tempo dentro de casa e junto aos seus cães propiciando o desenvolvimento desse tipo de ansiedade.


Um dos equívocos que as pessoas fazem quando seus cães desenvolvem a ansiedade de separação é acreditarem que isso acontece porque seus cães amam demais os seus donos.


Entendo o lado humano que envolve sentimentos de conforto como, se sentir amado e querido por seus pets, e não duvido que isso aconteça.


Um dos meus trabalhos como adestrador é direcionar tutores a entenderem o que realmente acontece com os cães e como eles agem.


Cães são animais gregários, são animais que vivem em grupos e devido a esta característica somos capazes de viver e dividir as nossas vidas com eles.


A separação para os cães não é algo natural. Quando livres eles estão sempre em grupo.


Quando trazemos um cachorro para a nossa casa e não o orientamos corretamente de como ele deve se comportar nos momentos em que nós humanos temos que sair de casa e eles têm que ficar sozinhos, o cachorro fica confuso, se sente inseguro e infeliz.


Para que qualquer trabalho de educação preventiva ou de reabilitação comportamental dê certo é necessário que haja uma conexão muito forte entre tutores e cães.


Essa conexão é conseguida quando conseguimos entender a essência e o instinto do cachorro como espécie, e como o afeto deve ser ofertado na medida certa.


A maioria das pessoas preferem se conectar emocionalmente com o cachorro, deixando de lado a essência e o instinto do cachorro como espécie.


A conexão com o cachorro deve ser equilibrada, calma e assertiva para que o cachorro possa receber e atender as orientações recebidas.


Quando a conexão equilibrada é feita, você ganha a confiança, o respeito e o afeto. Esses são os sinais de que a conexão com o cachorro foi feita.


TREINOS, DISCIPLINA E AFETO


Você já percebeu que o seu cachorro te segue pela casa, desde a hora que você acorda até a hora de você dormir?


Preste atenção e se você não tinha percebido, você vai perceber que a maior parte do tempo ele te segue.


Ensine o seu cachorro a diferença entre:

SER CONVIDADO A TE ACOMPANHAR E TE SEGUIR O TEMPO TODO.


O exercício para prevenir ou trabalhar a ansiedade de separação de hoje é: verifique quantas vezes ele te segue por dia. Se por exemplo, ele te segue 30 vezes ao dia, ensine ele a não te seguir 15 vezes.


No vídeo abaixo, treino o Fred a ficar em local determinado. Sempre que ele quebra o comando, calmamente, com a guia posiciono ele no local definido e dou o comando fica.


Você pode praticar este exercício dentro de casa. Posicione o seu cachorro dentro de um quarto e dê o comando fica, e se distancie dele devagar, com muita calma saia do cômodo. Seu cachorro poderá sair do local apenas quando você o convidar a te seguir.


Se ele quebrar o comando diga um não consistente e posicione ele novamente no local definido.


Esse exercício trabalha a disciplina mental do cachorro e você vai guiá-lo durante esse processo, você o ajudará a atingir esse objetivo.


Desta forma, você se conectará com a essência do seu cachorro, isso é se comunicar, é se relacionar equilibradamente com o seu cachorro.


Observamos que o Fred está ofegante isso é devido a onda de calor que atinge o país no momento em que este vídeo foi gravado.


Aos poucos o Fred entra em estado de relaxamento, esse estado é como quando estamos apreciando o pôr do sol, sentindo a brisa no rosto, em total estado de paz.


Esse estado mental no seu cachorro, você consegue treinado diariamente quantas vezes forem necessárias.


Cães precisam estar calmos e relaxados é dessa forma que eles se sentem felizes.


Esse exercício ajudará o cachorro a entender que a distância não é problema, que ele pode se sentir seguro mesmo que você esteja longe. Quando você sair, você se sentirá tranquilo para fazer as suas atividades.


ASSISTA AO VÍDEO





0 comentário

Posts recentes

Ver tudo