Buscar

Ciúme ou disputa?

Sob o olhar humano, ciúme é um sentimento intrínseco à natureza, que pode ser entendido como uma manifestação de emoções desencadeadas pela percepção da falta de exclusividade afetiva por parte da pessoa amada e pela sensação de divisão, ou disputa de atenção, intimidade, dedicação, cumplicidade e afeto com os outros.


Esse sentimento de exclusão se torna real com a entrada de um terceiro elemento que vai gerar sentimentos ambivalentes na pessoa, causando o temor de perder a sensação de amor incondicional e a segurança afetiva transmitida pela relação.


Profissionais da área canina têm diferentes opiniões acerca desse tema. Alguns afirmam que ciúme entre cães pode não passar da humanização do estado de dominância, pois os cães são instintivos e reagem à energia ao redor deles, ou seja, a reação é na verdade o cão querendo assumir a liderança do grupo, é onde rosnados, mordidas e brigas podem acontecer. Outros defendem que os cães sentem ciúmes como os humanos.


Neste texto, descrevo algumas situações onde o seu cão pode apresentar algum tipo de reatividade, e apresento algumas sugestões de como resolver esse problema.


Algumas Situações:


Quando você dá atenção a um outro cão e o seu cachorro empurra, rosna, late e morde o outro cão;

Ao cumprimentar uma outra pessoa, com um abraço ou uma aproximação mais próxima de humanos ou cães, seu cão rosna, late excessivamente.


Cães adoram a atenção de seus tutores, tudo isso é muito natural na relação simbiótica entre cães e humanos. Mas quando a forma de chamar a atenção, ou a disputa por atenção se torna mais agressiva, é melhor ficar atento e corrigir esses comportamentos.


Algumas sugestões:


PRÁTICA REGULAR DE ADESTRAMENTO

Reforçar comandos de obediência e correção. Comandos que demonstram que você está no controle da situação ajudarão a gerenciar melhor o problema.


Caso o seu cão não tenha sido educado desde filhote, pode ser a hora de fazer um planejamento para investir na educação canina com ajuda profissional.


REMOVER A RECOMPENSA

Essa recompensa pode ser você. Talvez inconscientemente você tenha recompensado o seu cão com atenção no momento errado. Assim como os humanos, a emoção da atenção negativa pode se tornar gratificante para o seu cão.


Decida quais comportamentos ignorar, e quando você pode simplesmente sair de cena

Envolva o gatilho, o objeto que desencadeia essa reatividade, em sua prática regular de adestramento.


Lembre-se da regra do "nada é de graça", todo mérito é à custa de um comportamento calmo e obediente.


Cada cão é um ser único, que deve ser tratado e educado individualmente, há várias técnicas e métodos de adestramento, se você não se sente seguro para efetuar os treinamentos sozinho, consulte um profissional da área.


Cão A otimizando relações


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo