Buscar

Meu cachorro morde


Photo by Mircea Lancu from pexels

Qualquer cachorro pode morder. Filhote ou adulto; grande ou pequeno; macho ou fêmea, srd ou de raça.


Ouço várias pessoas dizendo que o seu cão nunca mordeu. Mas, se for provocado, até mesmo o cão mais fofo, mais bonito e bonzinho pode morder. Lembre-se, não é a raça de um cão que determina se vai morder, mas sim a história e o comportamento individual de cada cão. A maioria das mordidas dos cães é evitável; e há algumas coisas que você pode fazer dentro e fora de casa para ajudar a evitar as mordidas.


Vários são os motivos que levam os cães a morder:


Um filhote pode mordiscar durante uma brincadeira. Morder durante uma brincadeira pode ser divertido para o cão, mas pode ser perigoso para as pessoas. Uma sugestão que considero boa é evitar brincadeiras do tipo lutas ou brincadeiras que simulam brigas com o seu cão. Esses tipos de atividades podem deixar seu cão excessivamente excitado, o que pode levar a uma mordida mais forte.


Em uma situação de estresse ele pode morder para se defender ou defender seu território.


Ao serem surpreendidos ou quando estão com medo, nesses casos podem mordem porque se sentem ameaçados.


Podem morder para proteger seus filhotes, comida ou algum objeto.


Podem morder porque não estão se sentindo bem. Podem estar sentindo algum tipo de dor devido a ferimentos ou alguma doença, e podem preferir ficar sozinhos.


Socializar seu animal de estimação ajuda seu cão a se sentir à vontade em diferentes situações. A socialização é uma boa maneira de evitar que o seu cão morda. Ao apresentar seu cão a pessoas e a outros animais enquanto ele é um filhote, faz com que ele se sinta mais confortável em diferentes situações à medida que ele vai crescendo. Também é importante o uso de coleira e guia em público para que você seja capaz de controlar o seu cão. Estar informado é uma das melhores maneiras de evitar mordidas de cães.


Educar-se e ensinar as crianças de como, ou mesmo se devem se aproximar de um cão é muito importante quando se trata de evitar mordidas em crianças.


A tutoria responsável ajuda a reduzir o risco de mordidas. A tutoria responsável inclui a escolha cuidadosa do cão ideal para sua família; proporcionar uma educação preventiva para o filhote; adestramento adequado; exercício físico e regular.


Evite situações de risco


É importante entender como evitar a escalada de situações de risco e quando você pode ou não interagir com os cães.


Evite interagir com os cães nos seguintes cenários:


Quando o cachorro estiver longe do tutor;

Quando o tutor não der permissão para acariciar o cachorro;

Quando o cachorro estiver no quintal; jamais tente acariciar o cachorro através do cercado da casa;

Quando o cão estiver comendo ou dormindo;

Quando o cachorro estiver ferido ou doente;

Quando a cadela estiver descansando com seus filhotes, ou quando ela parecer muito protetora ou ansiosa com a sua presença;

Quando o cachorro estiver brincando com o seu brinquedo predileto;

Quando estiver rosnando ou latindo;

Quando ele estiver se escondendo ou procurando ficar sozinho.


Preste atenção à linguagem corporal


Ler a linguagem corporal do cachorro é sempre útil. Assim como as pessoas, os cães se expressam por meio dos gestos corporais. Posturas e vocalizações são utilizadas para se expressarem e se comunicarem. Essa leitura pode nos dar pistas sobre o estado emocional de um cachorro, se ele está se sentindo estressado, assustado ou ameaçado.


Conhecer os gatilhos que causam as mordidas pode fazer com que você evite uma mordida. As mordidas de cães são sempre precedidas por um comportamento que serve como aviso prévio. As orelhas ficam tipicamente voltadas para trás; os pelos ao longo das costas podem ficar em pé; e o branco dos olhos ficam bem visíveis.


Mostrar os dentes também é um sinal de alerta. A paralisação do corpo em resposta a um toque ou olhar, seguido pelo contato visual direto e intenso do cão, é outro sinal de que ele pode morder.


A prevenção ainda continua sendo o melhor remédio. Educar o seu cão corretamente desde filhote, é um investimento que pode evitar muitas confusões e valerá para toda a vida do seu cachorro.


#adestrador #joe #abiko #mordida #cão #cachorro #educação #canina #comportamento #leitura #maringá #guia #coleira #estresse #território #tutoria #vida #alerta #filhote #a #A

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo