Buscar

O que é o tempo para os cães

É comum alguns tutores acreditarem que seus cães estão ressentidos por algo que fizeram no passado.


Durante as aulas, principalmente na introdução de uma nova ferramenta ao cachorro, como a coleira e guia por exemplo; alguns cães tendem a reagir de forma imprevista visto que a coleira e guia não são naturais para o animal que acabou de chegar na sua casa.


A introdução de qualquer nova ferramenta deve ser lenta, e sempre respeitar os limites do animal. Lembrando que o tutor deve manter a sua energia constante e sem oscilações. Visto que os cães leem a energia que emanamos; portanto, qualquer mudança de energia pode colocar o processo por água abaixo.


Essa introdução deve ser feita com o acompanhamento de um profissional qualificado; caso você não se sinta seguro para fazer a introdução sozinho.


Durante esse processo, alguns cães vocalizam; alguns pedem socorro aos donos com um olhar penoso; alguns podem morder; e muitas outras reações podem acontecer. É quando geralmente os tutores desistem, por acreditarem que estão machucando o animal de alguma forma, e acham que o cachorro não tem jeito e que se insistir ele pode ficar traumatizado ou ressentido.


Cesar Milann, especialista em comportamento canino, afirma que nós seres humanos vivenciamos o tempo de forma diferente dos cães. Humanos pensam e remoem o passado, se preocupam demais com futuro, e muitos não conseguem desfrutar o presente. Tudo isso nos causa frustrações, ressentimentos, vergonha, culpa, medo e ansiedade.


Os cães, por outro lado, vivem o presente. Viver o presente significa que os cães só estão preocupados com o que está acontecendo com eles agora. Eles não se preocupam com o que você fez com ele ontem quando ele comeu o seu sapato. Por isso, dizem que os cães amam incondicionalmente; se perdemos a cabeça e gritamos histericamente para o cão, ele não irá ficar com mágoas por isso. Além de ser uma projeção de um sentimento humano, para o seu cão, isso é apenas você demonstrando instabilidade. Logo ele irá abanar o rabo para você como sempre fez.


Viver o momento conecta os seres vivos com o ritmo da natureza. Há vários exemplos nas redes sociais onde cães sem patas, cegos ou até mesmo sem o maxilar seguem em frente com a vida. Eles não ficam se lamentando pelas partes que perderam ou pelas habilidades que não têm. Eles simplesmente seguem em frente.


Temos muito que aprender com os nossos amigos caninos. Vivendo o momento, você pode entender mais sobre como seu cão experimenta o mundo e assim aprofundar o seu relacionamento com ele. Você também aprenderá como ser o líder da matilha, emanando uma energia tranquila e equilibrada. Essa experiência fará com que o seu cão te siga instintivamente.


Portanto, seja pulso firme, perseverante, consistente. Só assim você estará realmente proporcionando algo de valor para o seu cão. Viva o momento e advogue pelo seu cão; que é seu dever à partir do momento que você o coloca dentro de casa e durante o tempo que ele viver.


#ressentimento #cachorro #cão #a #adestrador #maringá #comportamento #psicologia #canina #canino #treinamento #joe #abiko #culpa #animal #guia #coleira #energia #equilíbrio #harmonia #líder #matilha #siga #educa


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo